terça-feira, 20 de setembro de 2011

Faz sentido?

O ser humano é o único animal que tem consciência de que vai morrer um dia, o que o leva muitas vezes a refletir sobre o significado da vida: se é um acaso, ou se cada um realmente tem uma missão na Terra, como afirmam algumas religiões.
Essa análise pode prosseguir pelos mais profundos sentimentos e envolver uma complexa psicologia. Ninguém sabe até quando a vida pode durar. Simultaneamente o mundo atual exige extrema mobilidade, dominado pelo capitalismo e "coisificando" as pessoas, levando-as a um sentimento de quase anulação da alma, de desesperança e desespero.
Isso tudo porque, com tanta exigência do capitalismo, as pessoas são bombardeadas todos os dias com novos produtos, mais apelação da mídia. E onde está a vida nisso? Isso é controle, é vício, e a vida está intimamente relacionada à liberdade.
De modo que para resgatar o sentimento primordial de humanidade, deve-se libertar de todo o consumismo e perceber que a vida talvez não seja eterna, é transitória, e aproveitá-la longe de vícios e superficialidades é essencial para encontrar seu verdadeiro significado.

Comentem, por favor! D:

2 comentários:

  1. luiza, a que não quer ter tempo para papos pensados21 de setembro de 2011 09:16

    Complexo demais pra quem não quer ter tempo para papos pensados!

    ResponderExcluir

siga em frente e diga o que quer dizer ;x