segunda-feira, 24 de maio de 2010

Observações sobre a minha cidade

Resende, cidade pequena em crescimento. População: 130.000 habitantes, 1.114 km². Muitas empresas, pouca cultura, muitas pessoas, pouco transporte. Aqui é um lugar tenso pra se viver. Sério. É claro que você pode parar às vezes no meio da ponte sobre o Rio Paraíba e tirar uma foto da serra. E depois você pode fazer uma poesia sobre ela, mas não tem muitas coisas poéticas por aqui. Resende é a princesinha do vale q

Então, você também pode subir no prédio da sua amiga loira e tirar uma foto bem bonita lá de cima. Mas você não deve mirar sua câmera pro lado da favela, senão estraga a foto q

Essa é a parte boa que eu vejo na minha cidade. As pessoas tendem a confundir Resende com Itatiaia. Mas presta atenção: RESENDE NÃO É ITATIAIA! RESENDE NÃO É PENEDO! Você tem que enfiar na sua cabecinha que Resende é esse negócio aqui mesmo. Não é Parque Nacional nem Sunbar, não é Appaloosa, não é Mauá, não é Maromba. PQP, Resende é você ir no cinema naquele shopping de 4 andares, sendo que 2 são departamentos médicos e afins, ok?

Resende é você ir na Exposição que tem lá pra setembro e ficar amassado naquela multidão de pessoas loucas por Zezé de Camargo e Luciano, Victor e Leo e Capital Inicial (ou Skank). Ou então você pode pagar pelo camarote e ficar a 10m do palco, em cima de uma estrutura escrota de madeira que fica balançando.

Resende é você ir no centro e ter que ficar desviando de tias gordas com sacolas enormes, crianças birrentas e ciganos que querem ler sua mão.

Vez ou outro tem um teatro bom na AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), mas você tem que tirar os olhos da sua cara pra poder ir assistir. Pra quem não entendeu, quer dizer que é caro pra caraleo. Não tem condição. O dinheiro que você usa pra comprar o ingresso é o mesmo com o qual você pode ir ao cinema durante 4 segundas-feiras seguidas! Pra quem não sabe, o cinema aqui é mais barato segunda-feira, o que eu acho uma puta falta de sacanagem (kk), porque, afinal, quem vai no cinema segunda??? As pessoas vão ao cinema sexta, sábado e domingo. Então você gasta cerca de 15 reais pra ir assistir Alice no País das Maravilhas e ouvir a Avril Lavigne gritando oooooooo I surviveeeeeee! Comendo pipoca e bebendo coca-cola de 300ml.

É um absurdo! q Eu gosto muito de ir no cinema, mas minha situação financeira e minha condição de estudante não me permite satisfazer meus gostos. A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte! A gente não quer só comida, a gente quer saída pra qualquer parte! COEEE qq

E depois tem a história do transporte público, você sabe, aqui em Resende só tem uma linha de ônibus, que é a São Miguel. Você paga R$2,30 pra entrar num ônibus fdp de lotado, que balança tanto que parece que vai desmontar, e que os caras colam assim na porta do meio: FAVOR, SAIR PELA PORTA TRAZEIRA!

Caralhoooooo, TRAZEIRA????? TRAZEIRAAA??? Vsf, vocês não são presidentes do Brasil! Vocês são funcionários da São Miguel!! Vocês tem que saber escrever traseira!! Ok, estão perdoados porque consertaram essa bagaça (y)

Então, eu acho palhaçada mesmo ¬¬ Pagar R$2,30 pra ir pra minha casa que nem é tão longe. É, vocês podem dizer: vai a pé sua burguesinha alienada! E eu responderei: ok, seus fantasminhas retardados, vocês querem que eu tenha lordose, escoliose e cifose?

Se bem que não faz diferença nenhuma, hoje eu peguei ônibus e tive que ficar em pé com 4kg pendurados no ombro direito, o que provavelmente pode piorar minha escoliose. Portanto concluo: que droga!

2 comentários:

  1. nossa eim .. quanta revolta para uma terça-feira, se fosse pelo menos segunda D: *medo devocê* tudo isso é pq ficou um dia sem falar cmg? Não precisava disso menina! uahushud. Tô de brinksss, rerereeeeeeee

    ResponderExcluir
  2. foi por isso mesmo po OPKASPOKSAPOKS

    ResponderExcluir

siga em frente e diga o que quer dizer ;x